Projectos em Curso

Mãos cheias de projectos

Projecto Animação em Acção - Mala Mágica

O Chapitô desenvolve, desde 1985, um trabalho pioneiro de Intervenção no campo da acção sócio-cultural através das artes do circo.

A implicação do Chapitô nos Centros Educativos é sustentada numa parceria exigente protocolada com o Ministério da Justiça, não se confundindo com qualquer intervenção experimentalista ou transitória. O trabalho do Chapitô com os jovens sob tutela da Justiça, continuamente avaliado e com resultados quantitativa e qualitativamente impressivos, tem sido objeto de reconhecimento nacional e internacional.

Mais informação sobre o Projecto Animação em Acção – Mala Mágica aqui!

Projecto Forças Combinadas

O projeto “Forças Combinadas”, apoiado pela Fundação Calouste Gulbenkian (2016–2018) e integrado no Programa PARTIS (Práticas Artísticas para a Inclusão Social), tem como finalidade levar as Artes Circenses às crianças e adolescentes que cumprem medidas tutelares educativas no Centro Educativo Padre António de Oliveira em Caxias, que depende da Direcção Geral de Reinserção e Serviços Prisionais.

O objetivo nuclear é, com estes jovens em risco, viver o percurso radical e transdisciplinar de edificar uma Companhia artística, implicar-se numa criação moral e esteticamente poderosa, interpretar, encenar, cenografar e levar à cena essa criação, abrindo as portas da prisão e revelando a dimensão luminosa que todos os seres têm, mesmo os que precocemente se viram enredados nas malhas da delinquência.

Mais informação sobre o Projecto Forças Combinadas aqui!

Projecto Trupe Sénior

O projecto “Trupe Sénior” que institui um outro paradigma na abordagem sócio-político-cultural com pessoas séniores, assente nos princípios da diferenciação (os idosos não são uma categoria social uniforme), da transgeracionalidade(como condição de coesão social e solidariedade) e da participação (as pessoas são sujeitos activos em todas as fases do processo de mudança).

Mais informação sobre o Projecto Trupe Senior aqui!

Projecto Trampolim – Saltos para melhores sortes

O Chapitô como entidade promotora da inclusão e formação nas artes tem um papel fundamental na narrativa dos jovens alunos que por aqui se cruzam na descoberta dos seus percursos.

Após a vivência intensiva das aprendizagens na Escola do Chapitô durante 3 anos, muitas vezes os alunos chegam ao final do seu percurso formativo e deparam-se com uma série de dificuldades face ao seu futuro, não apenas na inserção no mercado profissional, mas também na continuação do seu percurso formativo.

As suas procuras e descobertas de continuação de estudos, em particular na área circense implicam na maioria das vezes a saída do seu espaço de conforto, e a mobilidade para outros países nos quais a formação nas artes circenses é reconhecida como formação superior. As dificuldades são inúmeras: a língua, o desenraizamento familiar, o afastamento da rede de suporte social e os custos associados a esta etapa das suas vidas.

Este projecto, que já teve o apoio da Fundação Auchan, busca financiamento para atribuir bolsas de estudo aos jovens alunos em situação de maior vulnerabilidade social e familiar.

Caso queira fazer parte deste projecto contacte assessoria@chapito.org

Projeto O Bairro no Palco

O BAIRRO NO PALCO é um projecto feito em parceria com a Câmara Municipal de Lisboa e que teve a sua aprovação em Novembro de 2020. Esta ideia integra-se no âmbito do Programa BipZip – Bairros e Zonas de Intervenção Prioritária de Lisboa -, tendo como público-alvo as comunidades residentes no Bairro da Quinta do Lavrado e no Bairro Horizonte (Junta de Freguesia de Penha de França), uma população identificada em situação de vulnerabilidade.

Com este projecto pretende-se, através da prática artística, promover a inclusão social. Estão assim previstos ateliers de formação nas mais variadas disciplinas circenses com o objectivo de anular o alheamento e o afastamento da vivência comunitária e construir, entre os participantes, uma relação de confiança que promova a autoestima e favoreça o sentimento de pertença e cooperação.

Mais informação sobre o Projecto O Bairro no Palco aqui!